LEER

livro repressao resitencia 03 gr

Autora: Eliane Bisan Alves
Coleção: Histórias da Repressão e da Resistência
Editora: Humanitas/Fapesp
Ano: 2006
Preço: R$ 28,00
Resumo: Originalmente apresentada como dissertação de mestrado em História Social pela USP, com orientação de Maria Luiza Tucci Carneiro, Etnicidade, Nacionalismo e Autoritarismo procura investigar os grupos urbanos, formados a partir de uma imigração mais recente, chegada ao Brasil após a Primeira Guerra Mundial, que trouxe uma geração de alemães que imigravam com seus hábitos, costumes, língua e com seus sentimentos pangermânicos exacerbados pelo crescente nacionalismo europeu do início do século XX. Contudo, Eliane Alves posicionou-se ao largo dessa vaga e eis então a excepcionalidade que esse trabalho proporciona à historiografia: a promoção de novos temas acerca das mesmas histórias. Com a diversidade de documentos encontrada no Fundo DEOPS-SP, pôde produzir um perfil da comunidade alemã de São Paulo, a partir da existência de grupos comunistas, nazistas, democratas e judeus. Esses também puderam ser identificados pelos estigmas que existiram contra os estrangeiros alemães, mas soube compor sua obra a partir da reunião de um perfil variado de imigrantes, demonstrando que no interior da comunidade alemã paulista existiam pessoas diferentes, mesmo que originárias de um mesmo país e de uma mesma geração, que pensavam distintamente e tinham crenças políticas diferentes, formando um grupo diversificado no interior de uma comunidade fechada e aparentemente unificada pela identidade cultural germânica. Pode-se considerar, ainda mais, que ao propor uma análise da documentação do DEOPS-SP relativa à comunidade alemã "sob intensa vigilância", a autora, como integrante do grupo de historiadores formados pelo PROIN, contribuiu para os estudos da repressão política na Era Vargas.
Sobre a autora: Eliane Bisan Alves é historiadora, mestre em História Social pela FFLCH/ USP. Entre 1996-2001 atuou como pesquisadora do PROIN – Projeto Integrado Arquivo do Estado/USP – onde desenvolveu a pesquisa "A Comunidade Alemã sob Suspeita (1930-1945)", publicada pela série Inventário do DEOPS. Em 2002 apresentou a dissertação de mestrado Etnicidade, Nacionalismo e Autoritarismo, que agora sai em livro.
Sobre a coleção: A coleção Histórias da Repressão e da Resistência nos permite avaliar as ações de instituições brasileiras que tem como função a seleção e o controle do cidadão. Por meio desses estudos temos a oportunidade de conhecer o mundo da repressão e também de reconstruir o mundo fantástico da resistência, que, felizmente, não se calou durante os momentos de autoritarismo. 

Esta coleção resulta do inventário do Fundo DEOPS/SP desenvolvido pela equipe de pesquisadores do PROIN, que desde 1996, tem contribuído para construção do conhecimento histórico acerca do exercício moderno do poder por meio das instituições públicas. representa uma conquista que diz respeito ao direito à memória. Expressa o retorno ao estado de direito que restabelece as garantias individuais e as liberdades públicas, entre as quais o direito à informação e à livre circulação de idéias.

 

faceflickryoutube

Copyright © 2013 - LEER - FFLCH/USP.

Desenvolvido por webprisma