LEER

ArquivoExibir

Autora: Taciana Wiazovski
Coleção: Inventário DEOPS
Módulo: VI - Comunistas
Editora: Arquivo do Estado e Imprensa Oficial
Ano: 2001
Preço: R$ 17,00
Resumo: O Projeto Integrado Arquivo/Universidade que inventariou as fontes do DEOPS/SP junto ao Arquivo do Estado para revelar a documentação relativa aos mitos impulsionadores dos anos 30 e 40 coloca em manifesto o local do mito do complô judaico-comunista no imaginário de horror ao judeu na Era Vargas e nos imediatos anos subsequentes, através de um rico inventário de prontuários da Polícia Secreta. A documentação que é revelada pela primeira vez do inventário da polícia secreta do DEOPS fornece uma inestimável fonte para estudar os modos nos quais a recepção do mito conspirativo da "dominação judaico-comunista" entre as forças de repressão vai construindo a imagem do judeu como Inimigo que atentaria contra a segurança nacional, mas também contra os costumes, a família e a moral da sociedade brasileira.
Sobre a autora: Taciana Wiazovski é historiadora, professora do ensino médio e mestre pelo Departamento de Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica da FFLCH/USP. Desde 2006 desenvolve sua tese para doutorado em História Social pela FFLCH/USP tendo como tema a revista "Comentário": Opinião, Informação e Judaísmo no Brasil dos militares (1960-1973). Entre 1998-2006 atuou como pesquisadora do PROIN – Projeto Interligado Arquivo Público do Estado/USP –, onde realizou a pesquisa de Iniciação Científica publicada em 2001 sob o título de Bolchevismo e Judaísmo: a comunidade judaica sob o olhar do DEOPS. Em 2005 defendeu a dissertação de mestrado – O mito do complô Judaico-comunista no Brasil: gênese, difusão e desdobramentos (1907-1954). Atualmente integra a equipe de pesquisadores do LEER – Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação do Departamento de História da FFLCH/ USP.
Sobre a coleção: A Série Inventário DEOPS foi criada em 1996 como um instrumento de apoio aos pesquisadores interessados em consultar o acervo da Polícia Política do Estado de São Paulo, sob a guarda do Arquivo do Estado: os prontuários do FUNDO DEOPS.
Os projetos executados com base nas fontes arquivadas junto a Série Prontuários DEOPS, têm como foco a intolerância étnica e política praticada pelo Estado republicano entre 1924 -1983. Assim, a Série Inventário DEOPS pode ser considerada como produto dessa proposta acadêmica que tem sua continuidade na produção de teses de doutorado e dissertações de Mestrado em História Social. Parte destes estudos – fundamentados nos arquivos policiais e diplomáticos – foram publicados em diferentes coleções a saber: Teses & Dissertações (Arquivo do Estado e IMESP), Histórias da Intolerância (LEI; Associação Editorial Humanitas), Intolerância Política (Editora Lazuli) e Histórias da Repressão e da Intolerância (Associação Humanitas Editorial; FAPESP e Imprensa Oficial). 

A Série Inventários DEOPS encontra-se organizada em módulos temáticos cujos títulos reproduzem os "rótulos" arquivísticos empregados pela própria Polícia Política. Este conjunto de informações compõe o Banco de Dados PROIN/DEOPS, que, enquanto produto do Projeto Temático FAPESP, cumpre com o seu objetivo principal: proporcionar novos conhecimentos para a escrita da História Política do Brasil Contemporâneo. 

Nossa proposta continua aberta aos novos segmentos de pesquisa relacionados à história dos impressos políticos clandestinos, das mulheres "hereges", das comunidades de estrangeiros radicados no Brasil, dos movimentos negros e feministas, etc. Enfim, esta série nos permite repensar a dinâmica dos órgãos de repressão que, através de seus registros, nos oferecem oportunidades para a reconstituição de uma história de anônimos.

 

faceflickryoutube

Copyright © 2013 - LEER - FFLCH/USP.

Desenvolvido por webprisma