LEER

migracoes1

Autora: Marília Dalva Klaumann Cánovas
Coleção: História das Migrações
Editora: Edusp / Fapesp
Ano: 2009
Preço: R$ 84,00
Resumo: Este novo trabalho de Marília Cánovas representa significativa contribuição ao estudo dos movimentos migratórios na São Paulo de fins do século XIX e das primeiras décadas do século XX. Estudiosa da imigração espanhola, assunto no qual pode ser considerada uma das maiores autoridades brasileiras da atualidade, a autora introduz-nos no ambiente com o qual se defrontaram aqueles enormes contingentes de imigrantes que deixavam a sua Espanha natal, combalida e esgotada pelas guerras coloniais. Conduzidos pela mão de Cánovas somos capazes de acompanhar, como se de um filme se tratasse, a trajetória desses homens, mulheres e crianças, por vezes famílias inteiras, que, após a chegada ao porto de Santos, rumavam para as fazendas do interior paulista, conforme previsto nos contratos migratórios à época normalmente firmados pelos governos de além e aquém-mar. Acompanhamos, também, o deslocamento posterior de muitas dessas pessoas rumo às cidades, particularmente a capital paulista, à procura de meios de vida mais condizentes com suas experiências e habilidades. Consistente e inédita pesquisa de fontes junto aos registros consulares, com um minucioso trabalho de catalogação de matrículas, números e nome, além de pertinentes consultas bibliográficas, deu à autora a possibilidade de contar com uma substanciosa massa crítica de dados sobre a qual refletir, com a preocupação de ir além de um mero relatório de informações. Com efeito, o texto que ora vem a lume consegue evitar com maestria o que poderia ter sido um maçante amontoado de dados e circunstâncias, transformando-os num relato vivo, a mostrar o desenrolar dessas vidas na Paulicéia da virada de século. Nomes e rostos desfilam diante de nossos olhos, pelas ruas daqueles bairros fabris da nascente Metrópole, à procura da sobrevivência, subtraídos pela autora da condição de verdadeiros contingentes "invisíveis", à que frequentemente têm sido reduzidos pela historiografia moderna. Vêmo-los, em sua maior parte, dedicado a trabalhos manuais, sem maior expressão, amontoados em cortiços, procurando sobreviver muitas vezes à custa da solidariedade patrícia, contudo, anônimos protagonistas da grandeza paulistana.
Sobre a autora: Mestre e doutora em História Social pela USP; pós-doutora em História Econômica pelo Cedhal - Centro de Estudos de Demografia Histórica da América Latina, da FFLCH-USP; Especialista em Arquivologia pelo IEB - Instituto de Estudos Brasileiros, da USP. Pesquisadora Senior do LEER - Laboratório de Estudos de Etnicidade, Racismo e Discriminação (FFLCH/USP). Coordenadora-executiva do Projeto Arquivo Virtual Histórias Migrantes, do LEER/FFLCH/USP com apoio Fapesp. Atua no período do Brasil República, com ênfase em temáticas envolvendo movimentos populacionais e migratórios; emigração em massa; e/imigração espanhola; cafeicultura; colonato; Paulicéia; Santos; vida urbana; historiografia; arquivologia e documentação. É autora de "Hambre de Tierra. Imigrantes espanhóis na cafeicultura paulista, 1880-1930".
Sobre a coleção: A Coleção História das Migrações é coordenada pelos Profs. Drs. Maria Luiza Tucci Carneiro e Federico Croci, docentes da FFLCH-USP, e tem como objetivo criar referências para os estudos migratórios, abrindo espaço para a divulgação de estudos que têm o fenômeno das migrações como objeto de análise sob uma perspectiva multidisciplinar.

 

faceflickryoutube

Copyright © 2013 - LEER - FFLCH/USP.

Desenvolvido por webprisma